terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

E para o campeão?

Claro que num campeonato, quando se saí dele campeão, o que importa é a conquista. O grito de "é campeão!", ser o melhor daquilo(nem sempre e nós sabemos disso).
Daí vem o dinheiro, as premiações, os jornais, patrocínios e, o troféu. Ah o troféu..
Vejam só, a cada campeonato, a cada ano vemos os troféus melhorando. Alguns ficando maiores, outros menores, mas sempre buscando se tornar mais e mais valioso, buscando sempre retratar o valor daquela conquista.

E ano passado, quando vejo a imagem dos troféus do Campeonato Catarinense que seriam entregues para o campeão e vice, fiquei perplecto. Tecnicamente, ele até consegue retratar o tamanho da FCF, mas não do Campeonato Catarinenese!
Custa pegar uma migália da fortuna que a tal da Federação, que dizem que existe, arrecada dos Clubes e fazer um truféu decente? Sim, pode ser difícil fazer um troféu como o do Brasileirão, Libertadores, Mundial e sei lá mais o que, então faça um igual ao do JASC que é muito mais elaborado. Ou já que amam tanto a RGS, digo, RBS, façam um concurso com crianças de primeira à quarta série de quem faz o troféu mais legal..
O que não posso aceitar é um time profissional de Santa Catarina receber um truféu como esse:sobra mão e falta taça para segurá-la.

Um comentário:

Sezerino disse...

E agora o troféu vai ser o ridículo RBS 30 anos... Com transmissão exclusiva pela RIC! uheauehauehauhea